sábado, 28 de dezembro de 2013

Decorando com latas

Inspire-se com estas ótimas idéias!





















sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Vestidos Fresquinhos - Tamanho GG

Inspire-se!













terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Receita de panetone com sorvete

Esta receita é muito facil, eu já fiz e fica uma delicia!!

Vamos fazer?


Você vai precisar de:

1 panetone ou chocotone de 500 g
8 bolas de sorvete de chocolate ou creme
1 pote para armazenar as migalhas
1 faca de pão


Tempo de preparo: 1h
Rendimento: 7 pedaços grandes



O primeiro passo é cortar a tampa. Corte bem rente ao papel.

Com a faca de pão, faça um círculo em volta do chocotone/panetone.

Com uma colher de sopa, vá "esburacando" o miolo, colocando todas as migalhas em um pote, para depois misturar com o sorvete. Passe a colher bem rente para não deixar nenhum fiapo perdido.

 É importante não tirar o papel para dar firmeza ao chocotone ou panetone. Se não, corre o risco de ele desmontar. Se isso acontecer, não tem mistério. É só pegar outro e fazer tudo de novo!


Com o miolo todo em um pote, esmigalhe com as mãos para criar uma espécie de "farinha de panetone".

Com a farinha já pronta, misture o sorvete de chocolate. Juliana aponta que o sorvete precisa estar amolecido para dar "liga".

Misture bem.

Depois, coloque o recheio no chocotone.

Pegue a tampa e feche no lado certo.

Depois, pegue um saquinho culinário e leve ao congelador. De preferência, deixe mais de duas horas no congelador. A dica é fazer o doce um dia antes da ceia de Natal e deixar ele congelando a noite inteira para não ter erro.

Agora, você pode inventar o seu, personaliza-lo de acordo com seu gosto e imaginação!






domingo, 22 de dezembro de 2013

Qual é o jeans que favorece o seu tipo físico?

Veja como encontrar o modelo perfeito

Cintura no lugar, comprimento que favorece o seu tipo físico, lavagem ideal… Nós damos as dicas para você encontrar o jeans perfeito e ficar poderosa! 


CINTURA

Média – Vai até o umbigo e, por ficar bem em todos os tipos de corpo – disfarça a barriga e tem um caimento mais clássico –, é hit das últimas temporadas.


Alta – Modela o corpo. É ideal para as baixinhas, porque alonga a silhueta e disfarça o tronco mais longo do que as pernas.


Baixa – É a preferida das brasileiras e mais difícil de acertar. Por isso, se você não for do tipo que tem abarriguinha chapada, evite. Melhor apostar nas calças de cintura média.


Largura do cós – O cós largo, com mais de 3 centímetros, ajuda a segurar a barriguinha de quem está acima do peso e dá uma cara mais jovem à peça. Para um visual mais elegante, aposte nos modelos de cós mais estreitos.


COMPRIMENTO

Mulheres baixinhas o que têm pernas grossas devem ficar atentas ao comprimento do jeans: a barra precisa cobrir o ossinho do tornozelo por completo. O resultado é um visual mais longilíneo.


GANCHO

Regra básica na hora de provar uma calça: o gancho jamais pode marcar a área da virilha. Isso pode acontecer principalmente em modelagens ajustadas. Portanto, tome cuidado.


LAVAGENS
Quem tem cintura fina e quadril largo deve escolher lavagens do tipo degradê. O tom mais escuro na região dos quadris, clareando no sentido da barra, ajuda a disfarçar o volume.


BOLSOS
Traseiros – Eles fazem toda a diferença na peça. Para aumentar o bumbum, invista nos modelos com bolsos que tenham lapelas e outros detalhes. Se quiser disfarçar o volume, escolha os tradicionais.


Na frente – As mais magras podem apostar nos jeans sem bolsos. Se a ideia é ressaltar as curvas, escolha um modelo com bolso do tipo faca. Para não errar, o ideal são os falsos, que disfarçam qualquer excesso.

É baixinha?
Modelos de cintura alta e lavagem escura, cobrindo o tornozelo por completo, alongam o corpo. Salto alto é sempre bom.

É alta?
Quem tem alguns centímetros a mais de altura pode abusar dos jeans cigarrete ou cropped sem medo de encurtar a silhueta. Nos pés, sapatilhas ou rasteiras ficam ótimas.




sábado, 21 de dezembro de 2013

Patchwork de papel de presente na parede



Quer dar aquele visual novo para o escritório ou para a sala, mas não quer usar tinta? Que tal fazer esse patchwork de papel de presente? É super criativo, o custo não é alto e você pode inovar nas estampas e nas combinações. 

Material:
Cola branca
Esquadro
Água
Rolo de pintor de 15 cm
Bandeja de pintor
Estilete
Pincel
Tesoura
Verniz fosco
Papéis de parede ou presente a sua escolha


Passo a passo:
Separe uma xícara de cola, uma xícara de água. Coloque na bandeja de pintor e misture com um pincel. Passe o rolo na mistura e em seguida passe em toda a parte da parede que será modificada. 

Nos papéis de presente escolhidos faça o mesmo procedimento, deixe bem molhado, não importa que alguns pontos grudem. Cole bem rente à parede, tomando cuidado para não deixar nenhuma bolinha de ar. Uma dica é fechar todas as janelas e fazer em um ambiente onde não vente.

Após colar na parede, passe outra camada de cola por cima com o rolo, isso irá ajudar a impermeabilizar o papel e também a não deixar nenhuma bolinha. Para fazer as bordas, molde o tamanho com o esquadro e corte com o estilete ou tesoura. O mesmo vale para quando quiser colocar tamanhos variados de estampas. Para finalizar, passe uma ou duas camadas de verniz fosco.


Mãos a obra:




sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Ceia vegetariana

Ceia é sugerida para os vegetarianos ou para ficar longe das gorduras.
No cardápio, bacalhau sem peixe, arroz, lentilha, farofa e salada de frutas.


Uma ceia de Natal tradicional pesa não apenas no bolso do consumidor, mas também no bem estar físico de muitas pessoas após o período de festas. Por causa disso, há opções de pratos mais saudáveis e saborosos que podem ser substituídos pela grande quantidade de gordura e carboidratos de uma ceia tradicional.

A nutricionista Andressa Fernandes e a chefe de cozinha Carolina Dias, do restaurante vegetariano Capim Limão, em Santos, no litoral de São Paulo, montaram duas opções de pratos mais saudáveis para a ceia natalina. Eles podem ser consumidos pelos vegetarianos ou por pessoas que querem manter a dieta ou se alimentar melhor e ficar longe das gorduras.

Segundo a nutricionista Andressa Fernandes, os pratos propostos têm menos calorias que uma ceia tradicional. Para fazer a comparação, ela colocou a mesma quantidade de alimento em todos os pratos. Uma ceia tradicional, composta por arroz branco a grega, farofa, pernil, lentilha, salada de maionese e pavê de amendoim tem um valor calórico de 1031 Kcal. Já a ceia vegetariana com a bacalhoada, que leva arroz integral a grega, farofa, bacalhoada, lentilha, salada e torta de sorvete terá 747 Kcal. A segunda opção de ceia vegetariana possui o quibe assado substituindo a bacalhoada. Neste caso, o valor calórico sobe para 824 Kcal, mas ainda é tão pesado como a primeira opção. "Eles têm um teor de gordura diminuído em relação ao peru, o pernil e o tender. E as carnes tem gordura saturada, que é o que deixa a ceia tão pesada, tão calórica. Além da maionese”, afirma a nutricionista.

O prato principal da ceia de Natal são as carnes. O peru, o pernil e o tender podem ser substituídos por um quibe assado recheado ou uma bacalhoada vegetariana.

O quibe assado leva proteína de soja escura com trigo de quibe e o recheio é de ricota, mozarela e catupiry. “A ideia é hidratar o quibe com a proteína de soja. Faz uma camada de proteína de soja com o trigo. Recheia. E vai ao forno”, explica Carolina. Já a bacalhoada vegetariana não leva o peixe. O prato conta com fatias de batata cozida, pimentões coloridos, azeitonas pretas, cebolas, proteína de soja clara, brócolis e ovos cozidos. O prato é regado ao azeite de oliva. A preparação é feita individualmente. “Leva tudo no fogão mesmo, em camadas, regado ao azeite”, explica a chefe de cozinha.

Para acompanhar, o arroz à grega integral é uma boa opção. Ele substituiria o arroz branco da ceia tradicional. O arroz integral deve ser feito do mesmo modo na panela. No final, basta adicionar o milho, a ervilha e a cenoura picada ou ralada. “Ele tem uma quantidade maior de fibras e de nutrientes que o arroz normal não tem. No processo de fermento, ele acaba perdendo”, conta Andressa.

A farofa também é um elemento fundamental na ceia de Natal. Mas, para sair do tradicional, as profissionais sugerem que o prato leve alho poró, cenoura e azeitona verde. “É uma farofa mais completa e sem as gorduras das carnes, lingüiça e bacon”, diz a nutricionista. Outra comida bem conhecida nesta época do ano é a lentilha. A chefe de cozinha recomenda que o prato seja feito com cebola, alho e pimentão.

Além desses pratos, uma salada não pode faltar em uma ceia de natal saudável. Ela pode ser composta por alface, croutons, tomate cereja, azeitona preta e parmesão fresco ralado. “É bem colorida e é tradicional”, garante a nutricionista.

Após o jantar, há duas opções de sobremesa. A torta de sorvete é para os dias de calor e também para quem se permite abusar nas calorias no fim da festa. A sobremesa leva sorvete de creme, brigadeiro, bis, castanha de caju e é finalizada com a cobertura de chocolate. Já para quem quer manter a linha saudável, uma salada de frutas é a melhor opção. As castanhas ou frutas secas também podem completar a ceia.

Os vegetarianos estritos, que são tratados como “veganos” e que não consomem alimentos derivados de nenhum animal, podem adaptar a receita. Para eles, o recheio do quibe seria de abóbora e na bacalhoada basta tirar os ovos. Na lentilha, farofa e no arroz, não há mudanças. Já a salada de frutas é a única opção.




quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Presentei com Artes e Afagos


Sachês mini cupcakes



Nossa página no Facebook