segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Hambúrguer Dukan


Facil, rápido e saudável!
Bora fazer?

Rendimento: 8 unidades
Tempo de preparação: 5 minutos
Tempo de cozimento: 40 minutos
Fases: Todas

Ingredientes
500 gramas de carne moída de qualidade
1 punhado de hortelã
1 punhado de cheiro verde
5 colheres (sopa) de sopa de cebola
1 punhado de cebola crua ralada
1/2 dente de alho
3 pitadas de orégano
1 pitada de pimenta branca
sal a gosto
1 ovo

Preparo
Coloque todos os ingredientes em uma tigela grande. Misture tudo muito bem usando as mãos.
Forre uma superfície lisa e reta com plástico e abra a mistura de carne sobre ela. Coloque outro plástico por cima e passe o rolo, alisando a carne. Ela deve ficar com aproximadamente um centímetro de altura para dar certo.
Retire o plástico de cima. Usando um cortador apropriado, recorte os hambúrgueres em círculos. Caso não tenha uma forma para isso, use a borda de um copo grande ou xícara. Algumas pessoas conseguem modelar com as próprias mãos. Quando terminar, junte a carne restante, abra novamente e faça novos círculos. Repita esse processo até a carne acabar.
Arrume os círculos de hambúrguer em uma assadeira antiaderente – ou unte uma assadeira com manteiga ou margarina. Leve ao forno em fogo baixo por aproximadamente 40 minutos. 
Na metade do tempo, vire os círculos para que os hambúrgueres dourem por igual. Teste para ver se o interior do hambúrguer está no ponto. Quando estiver pronto, desligue o fogo e sirva imediatamente.



Gostou?
Compartilhe!





quinta-feira, 19 de novembro de 2015

O chá verde e diferentes maneiras de ser consumido



Estudos relacionam o consumo do chá verde à prevenção do envelhecimento precoce e do câncer, diminuição do colesterol e melhorias cardíacas. Sendo um grande aliado nas dietas, pois seu consumo costuma "desinchar" quem tem retenção de líquidos.

Veja a diversidade do uso do chá verde no dia a dia, colaborando para que você não enjoe só tomando-o como o chá tradicional:

1. Coloque um saquinho de chá-verde na água fervente e, em seguida, misture o líquido à sua aveia instantânea favorita, preparando-a como de costume.

2. Faça o tempero para a salada com chá-verde. Misture o produto em pó com óleo de semente de uva, cidra ou vinagre de arroz e uma pitada de sal e pimenta.

3. Que tal um smoothie com chá-verde? Use a iguaria em pó, particularmente matcha (variedade de chá-verde em pó), que se mistura facilmente com o iogurte de baunilha de baixo teor de gordura. Acrescente banana e frutas vermelhas.

4. Para fazer ochazuke , um prato popular no Japão, basta derramar chá-verde quente sobre o arroz cozido. Acrescente ingredientes por cima, como algas marinhas.

5. Dissolva uma colher (chá) de chá-verde em pó em água quente. Então, misture cubos de gelo e cerveja de gengibre.

6. Incremente os ovos com um tempero simples. Misture uma colher (chá) de matcha com sal marinho grosso e polvilhe generosamente na iguaria preparada a seu gosto.

7. Deixe seu cookie mais saudável. Misture uma colher de chá-verde em pó na sua massa.

8. Em um processador de alimentos, coloque nozes, amêndoas, e pistache, além de matcha. Passe o peixe escolhido na mistura antes de assar.

9. Misture vegetais fatiados (como pimentão e brócolis) e macarrão de trigo integral, além de uma combinação picante de alho picado, pedaços de pimenta e um pouco de chá-verde fervido. Cozinhe em fogo médio em uma wok.

10. Incremente o chá-verde. Esprema suco de limão e adicione um raminho de hortelã fresco.

11. Faça uma marinada. Coloque sacos de chá-verde em água quente e engrosse o líquido com mel, sal e pimenta. Adicione cubos de tofu ou cogumelos no preparo e cozinhe como preferir.

12. Disponha coxas de frango desossado em uma panela de pressão e use chá-verde fervido em vez de água.

13. O chá-verde pode ser um dos ingredientes de um delicioso cupcake. Coloque duas colheres (sopa) de matcha na receita da cobertura.

14. Misturar chá-verde com leite de soja light resulta em uma bebida refrescante. Vale adicionar infusão de chá ou a iguaria em pó.

15. Quer aumentar a quantidade de antioxidantes de seu café da manhã? Então, que tal fazer rabanadas substituindo o leite convencional pela mistura de chá-verde com leite de soja?

16. Iogurte grego é saudável por si só, mas uma colher de chá-verde em pó aumenta seus benefícios. Acrescente mel, nozes e frutas frescas.

17. Em vez de polvilhar açúcar sobre os bolos, substitua-o pelo chá-verde em pó. 18. Faça um fondue com chá-verde. Alie pedaços de chocolate amargo derretidos à iguaria em pó. Mergulhe pedaços de fruta na mistura e se delicie!

19. Coloque peras ou maçãs inteiras no chá-verde. Adicione açúcar mascavo, mel e outras especiarias. Deixe a mistura ferver até que chegue ao ponto desejado.

20. Mergulhe ovos cozidos descascados em uma mistura de chá-verde e molho de soja light. Quanto mais tempo ficar no líquido, melhor.



Viu quanta coisa dá para fazer com o chá verde? 
Então mãos a obra e saia da mesmice, eis uma receita de Arroz com chá verde e camarão, que vi aqui.


Ingredientes

1 colher (sopa) de manteiga
1 cebola pequena picada
2 dentes de alho
400g de camarão miúdo limpo
Sal e pimenta do reino a gosto
2 xícaras (chá) de arroz cru, lavado **pode usar o arroz integral e deixar mais nutritivo ainda
1 cubo de caldo de legumes
Suco e raspas de 1 limão
4 xícaras (chá) de chá verde coado
2 colheres (sopa) de salsa picada


Modo de preparo

Aqueça a manteiga e refogue a cebola e o alho por 5 minutos ou até dourar.
Adicione o camarão, sal e pimenta e refogue por 3 minutos ou até mudar de cor.
Retire com uma escumadeira e reserve.
Despeje o arroz na mesma panela e frite por 2 minutos.
Acrescente o caldo de legumes, o suco, as raspas e o chá e cozinhe em fogo baixo por 15 minutos ou até todo o chá secar.
Se necessário, acrescente mais chá.
Desligue e deixe descansar tampado por 10 minutos.
Solte o arroz com um garfo, acrescente o camarão, a salsa e misture.
Transfira para uma vasilha e sirva.

Rendimento:6 porções

Gostou?
Compartilhe!


quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Bolas de natal personalizadas (pap)


O Passo a passo (pap) destas acima, estão neste video:


A Designer Candie Cooper do site Styro Foam Crafts demonstra como fazer cinco ornamentos de Natal populares em apenas cinco minutos.  


Materiais necessários
  • Bola de isopor número 4
  • Botões de tamanhos variados, mas de uma só cor, no caso brancos
  • Botões em cor contrastante uns 18 mais ou menos
  • Alfinetes com bolinhas nas cores desejadas
  • Fitas de cetim para o laço

Aqui temos um enfeite de natal com botões e alfinetes a maioria são brancos mas, tem alguns detalhes em vermelho. Você pode usar estes enfeites em várias ocasiões.


Mais algumas idéias:




















Gostou?
Compartilhe!






sábado, 14 de novembro de 2015

Receita: Bolo de Beterraba




Ingredientes:

3 beterrabas de tamanho medio para grande
3 ovos
1 copo de óleo (copo de 220 ml)
2 copos de açucar
3 copos de farinha de trigo branca
1 colher de sopa de fermento

Cobertura:

2 colheres de sopa de manteiga
1 copo de açúcar
1 copo de cacau em pó
3/4 copo de leite

Mode de fazer:

- Pré-aqueça o forno em 180°C e unte uma forma.
- Coloque no liquidificador as beterrabas descascadas cruas cortadas em pedaços pequenos. Junte os ovos e o óleo e bata.
- Depois despeje a mistura em uma vasilha. Acrescente o açúcar e o trigo aos poucos e mexa com uma colher de pau. Mexa muito bem. Por último, acrescente o fermento.
- Coloque na forma e leve ao forno por cerca de 35 a 40 minutos.
- Desenforme quanto estiver frio.

Cobertura opcional:

- Misture tudo numa panela e cozinhe até dar o ponto.



Gostou?
Compartilhe!


quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Idéias criativas de decoração

Inspire-se!!

















Gostou?
Compartilhe!!




quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Shake de Biomassa de Banana Verde




A biomassa de banana verde é um alimento funcional e é uma poderosa aliada das pessoas que estão em dieta pois ela é rica em fibras, melhorando o funcionamento do intestino, aumentando a sensação de saciedade, o que diminui a vontade de comer, além de ajudar na prevenção de doenças como colesterol alto, diabetes tipo 2 e até câncer de intestino. 

Com a biomassa de banana verde é possível preparar muitas receitas, doces e salgadas e usufruir dos seus benefícios. Usando a biomassa de banana verde e associando a uma dieta com baixas calorias e a prática de exercícios físicos é possível secar a barriga em pouco tempo.

Aprenda a preparar uma receita de Shake de biomassa de banana verde para ser tomado antes do treino e entre em forma.

Ingredientes Shake de Biomassa de Banana Verde:

1 copo de leite desnatado ( você também pode usar leite de amêndoas, leite de soja ou leite de arroz)
½ banana madura ou uma banana inteira pequena
1 colher (de sopa) de biomassa de banana verde
1 colher de cacau em pó
Raspas de gengibre
Mel / açúcar demerara/ adoçante para adoçar

Modo de Preparo:

Retire a casca da banana madura de sua preferência, e coloque no liquidificador junto com o leite, o cacau, o mel e a biomassa de banana verde. 
Bata até ficar homogêneo. 
Após bater raspe um pouco de gengibre pois ele ajuda a acelerar o metabolismo e sirva.

Dicas:

Você pode variar a receita, substituindo a banana por outras frutas, como morango ou blueberry. O importante é não consumir mais de que duas colheres de biomassa de banana verde por dia, pois em excesso ele pode causar gases e diminuir a absorção de minerais no organismo como o zinco e o cálcio.

O leite também pode ser substituído por leite em pó desnatado; no caso, você pode usar água-de-coco para dissolver o leite, aumentando a qualidade nutritiva do seu shake. 
Para efeito detox use o leite em pó desnatado dissolvido em chá verde.

Você também pode substituir o leite por iogurte desnatado.


Gostou?
Compartilhe!


terça-feira, 10 de novembro de 2015

Curiosidades da cultura japonesa

O que os japoneses comem no café da manhã?


O café da manhã em muitas culturas é a refeição mais importante do dia. A ausência do café da manhã tem sido indicada como um fator de risco para o sobrepeso. Após a noite em jejum, o corpo entra em modo de privação, e passa a armazenar energia em forma de gordura para (o metabolismo torna-se mais lento). E acaba consumindo mais tarde uma quantidade maior de calorias, sobrecarregando uma única refeição. Além do que, de barriga vazia não rendemos bem: mais de 10 horas sem ingestão adequada de nutrientes causa hipoglicemia, e os sintomas são fraqueza, fadiga e muito mau humor.

O Café da Manhã Tradicional Japonês
O Asagohan (café da manhã tradicional japonês) é bem diferente do ocidental. Os alimentos que o compõe, são praticamente os mesmos do Hirugohan (almoço) e Bangohan (jantar). Ele é composto por alimentos nutritivos e de fácil digestão tais como arroz branco, misoshiru, legumes em conservas e peixe grelhado.



Etiqueta japonesa

A etiqueta de uma mesa japonesa pode ser muito diferente da brasileira. É indicado seguir algumas regras de bons costumes orientais ao ser o anfitrião ou convidado de um jantar típico.

Antes de iniciar a refeição, é costume em uma mesa japonesa dar aos convidados uma toalha quente para que eles limpem as mãos. Após a higienização, a toalha deve ser colocada sobre a mesa, sem dobrar.

Ao contrário da etiqueta ocidental, na qual temos o costume de servir entrada e prato principal, na cultura oriental não há ordem de alimentos. Em uma mesa japonesa, porém, recomenda-se tomar chá verde entre os pratos para limpar o paladar.


O saquê é tradicionalmente servido com pires. Ao contrário do que costumamos fazer com o café, somente o massu, o copo, é levado à boca. Em uma mesa japonesa, não é de bom tom se inclinar à mesa para tomar o saquê. Não é recomendado servir a bebida acompanhada de sal.

Os hashis costumam ser motivos de dúvidas para os brasileiros. A maneira correta de pegá-lo é do meio para cima, nunca na parte inferior. Evite espetar o hashi na vertical e gesticular com ele nas mãos. O talher deve ficar em um suporte próprio na mesa japonesa. Para os que não se dão bem com o hashi, é mais indicado pedir talheres ocidentais do que prendê-lo com elástico.


O shoyu deve ser usado somente em peixes crus e nunca em sushis recheados de legumes. A parte a ser mergulhada no molho deve ser sempre a do peixe, e não a do arroz.

Alguns desses costumes são adaptáveis para os costumes ocidentais. Porém, alguns deles tem como objetivo melhorar o sabor da sua refeição. 


Embora o Asagohan venha perdendo a força, especialmente entre os jovens que tem aderido cada vez mais à alimentação ocidental, muitas famílias japonesas não abrem mão de forma alguma do bom e tradicional Asagohan.

Para nós estrangeiros pode parecer um hábito difícil de seguir, pois temos outros costumes alimentares. 


Alimentos típicos do Asagohan:

Shiro gohan (Arroz Branco) – Esse não pode faltar, mas às vezes é substituído por Okayu (mingau de arroz) por ser mais fácil de digerir.

Misoshiru (Sopa de Miso) – Normalmente é usado ingredientes como hondashi, miso, tofu, cebolinha, algas wakame, aburaage (tofu frito), etc.

Natto (soja fermentada) – Trata-se de um alimento bastante consumido no Japão e apesar de ser repleto de vitaminas e minerais, possui um odor bem forte e peculiar e por isso não agrada a todos os paladares.

Tsukemono (legumes em conserva) – Além de ser aperitivo, serve também para limpar o paladar. Entre os mais consumidos estão o umeboshi (umê em conserva), gari (gengibre em conserva), entre outros.

Nori (folha de alga seca) – A alga nori é rica em cálcio, ferro, vitamina A, B e C, além de conter 2 vezes mais proteína do que algumas carnes.

Tamagoyaki (omelete japonesa) – Muito popular na culinária japonesa, este prato é uma ótima fonte de proteína. 

Peixe grelhado – Normalmente uma pequena porção de peixe assado ou grelhado como salmão, atum, robalo, cavalinha, entre outros.

Sunomono – Salada agridoce de pepino (Deliciosa e refrescante)

Ryokucha (Chá verde) – Esta bebida acompanha praticamente todas as refeições dos japoneses e existe vários tipos.


Gostou?
Compartilhe!



segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Biomassa de banana verde


Composto 100% natural que pode ser feito em casa, a biomassa de banana verde é pouco calórica e possui baixo índice glicêmico. Por isso, na lista de benefícios da biomassa está a poderosa atuação no processo de emagrecimento.

Rica em potássio e muitos outros nutrientes benéficos à saúde, a banana é um dos superalimementos. Contudo, à medida que a fruta amadurece, o amido da banana é convertido em açúcar, por isso, quando madura, ela é um alimento de alto valor energético.

Uma das alternativas é consumir a banana ainda verde. 



Benefícios da biomassa

É uma massa pouco calórica, com alto teor de amido e baixo teor de açúcares. Além disso, por ser de um fruto ainda verde, a biomassa de banana verde atua na proteção da mucosa gástrica, auxilia no trânsito intestinal e promove a prevenção de doenças como câncer do intestino.

Como possui baixo índice glicêmico, a biomassa faz com que a sua digestão e absorção pelo organismo seja mais lenta aumentando a sensação de saciedade, o que contribui para o processo de emagrecimento.

É também fonte de inúmeras vitaminas, entre elas as do complexo B que promovem aumento do pique e energia.

Como consumir

A biomassa pode ser usada nas receitas no lugar de leite condensado, creme de leite, leite, maionese entre outros. Não possui gosto, por isso, não ira alterar em nada o sabor. A maioria das pessoas que não conhece acha que, ao acrescentarmos a mistura às preparações, tudo ficará com sabor de banana o que não acontece.

Veja como fazer a biomassa de banana verde:



A receita pode ser feita com qualquer tipo de banana verde.
-Tire as bananas uma a uma do cacho, cuidando para que esse corte seja bem rente para que nenhuma parte interna sofra contaminação no momento do cozimento.
-Lave uma a uma com água e sabão enxaguando bem.
-Em uma panela de pressão coloque água até a metade, ligue o fogo e deixe essa água ferver.
-Quando estiver fervendo coloque as bananas. Muito importante a água estar fervendo, pois, esse choque térmico faz parte do processo.
-Tampe a panela, a água deve ser suficiente para deixar as bananas "cobertas", e quando começar a ouvir o barulho da pressão, abaixe o fogo, conte 8 minutos e desligue. Deixe que a pressão toda saia naturalmente da panela, não acelere o processo, não abra a panela.
-Destampe a panela e descasque as bananas, cuidado, pois, estarão quentes. Mas terá que ser feito com elas ainda quentes para facilitar o processo.

Validade: 3 a 6 meses no congelador. Na geladeira o ideal é consumir em até 3 dias.

Dicas:
*congele em potes de vidro porções de 200 g para utilizar quando quiser.
*A sugestão de consumo é de 2 colheres de sopa ao dia.

No mercado já existe a Biomassa pronta para venda, veja algumas:




 Farinha de Banana Verde a granel
Farinha de Banana Verde a granel







Estes e outros produtos vi aqui e aqui



Gostou?
Compartilhe!





sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Inspirações- Salas de jantar pequenas

Acompanhando as tendências dos empreendimentos atuais, que a cada dia constroem apartamentos menores, o consumidor tem que ir se adaptando a estes novos tamanhos se não tiver outra opção.
O grande aliado tem sido os espelhos, que dão idéia de amplitude ao ambiente.

Então, eis algumas idéias:




















Gostou?
Compartilhe!